undefined
arrow_drop_down
arrow_drop_down
SESSÃO PARA CELEBRAR 84 ANOS DE BETEL BRASILEIRO

SESSÃO PARA CELEBRAR 84 ANOS DE BETEL BRASILEIRO

Os 84 anos de fundação do Instituto Bíblico do Betel Brasileiro foram comemorados, nesta sexta-feira (11), durante sessão solene realizada na Câmara Municipal de João Pessoa. A homenagem foi da vereadora Helena Holanda (PP), que atendeu a uma solicitação do vereador licenciado Durval Ferreira (PP), atual secretário de Ciência e Tecnologia do Município.

O Instituto Betel Brasileiro é uma entidade civil, religiosa, educacional, genuinamente evangélica, interdenominacional e internacional, sem fins lucrativos, que exerce atividades de cooperação mútua no Reino de Deus. Tem como foco a educação teológica, a evangelização, bem como as práticas pastoral, missionária e sociais.


Pastores e missionários prestigiaram a sessão no Poder Legislativo Municipal. A mesa foi composta pelas vereadoras Helena Holanda, que presidiu os trabalhos, e Eliza Virgínia (PP); pelo vereador licenciado e secretário de Ciência e Tecnologia do Município Durval Ferreira; pela presidente do Betel Brasileiro, missionária Eva Rego; e pelos pastores José Alves, da Igreja Presbiteriana de Jaguaribe; Edmundo Jordão, membro do Betel Brasileiro; Fausto Filho, presidente da Associação dos Pastores Evangélicos da Paraíba/APEP; e José Alcione, 1º Vice-Presidente do Betel Brasileiro.

Helena Holanda justificou a propositura fazendo um breve relato da história e das atividades desenvolvidas pelo Instituto Betel Brasileiro, ao longo desses anos. Ela destacou o surgimento da instituição em João Pessoa, os trabalhos de evangelização e os organismos que atualmente fazem parte do Betel Brasileiro.

O vereador licenciado Durval Ferreira também ocupou a tribuna da Casa para homenagear os 84 anos de fundação do Betel Brasileiro. Segundo ele, a instituição tem uma função muito importante no cenário evangélico do país e de outras nações do mundo. “Por isso, nós não poderíamos deixar de comemorar e destacar o importante trabalho desenvolvido pela instituição para o Reino de Deus em nossa terra”, comentou.

Durval Ferreira contou que o Seminário Teológico Evangélico Betel Brasileiro tem formado, a décadas, centenas de jovens, homens e mulheres que são vocacionadas por Deus para o ministério. Ele acrescentou que a filosofia da vida betelina tem base nos ensinamentos que a instituição tem para seus alunos, que é: “Até que Cristo seja formado em vós” (Gálatas 4.15). “Portanto, o estilo de vida desenvolvido no Seminário Betel é operante, antes de tudo, nos corações dos alunos, pois o ser deve vir antes do fazer”, disse.

Para o secretário, o Betel tem estabelecido, no Brasil e em alguns países do mundo, igrejas que são plantadas através da pregação do evangelho, e também tem realizado uma expressiva obra educacional e social.

Presidente do Betel resgata história e importância da instituição

A presidente do Instituto Betel Brasileiro, Eva Rego, ressaltou que “esta sessão solene marca o momento de gratidão que, na sua concepção, é um sentimento nobre, que brota de pessoas nobres”. Na ocasião, a missionária citou algumas passagens bíblicas do profeta Isaías e afirmou que “falar do Betel é falar de paixão por um trabalho feito em benefício das pessoas”.

De acordo com Eva Rego, atualmente o Seminário Teológico Betel Brasileiro tem 21 extensões, que dedicam-se a formar vocacionados para atuar em trabalhos pastorais, missionários e sociais. Além disso, ela relatou que o Departamento de Estudos Avançados em Teologia oferece cursos livres para aperfeiçoamento em ministério pastoral, aconselhamento bíblico, missiologia, hermenêutica bíblica e pregação.

Eva Rego explicou que a finalidade desses estudos é manter as lideranças evangélicas preparadas e capacitadas para realizar ações religiosas e sociais. Segundo a missionária, mais de mil alunos recebem ensinamentos de cerca de 200 professores. Na educação básica, a instituição administra sete escolas e duas creches, com a missão de formar cidadãos responsáveis, que ajudem a transformar suas comunidades pela prática dos princípios da ética cristã.

Em parceria com as organizações Compassion e Tearfund, o Betel Brasileiro mantém duas escolas indígenas e dois Centros de Desenvolvimento Integral, onde crianças e adolescentes são atendidas com educação formal e complementar, atividades recreativas, merenda escolar e material didático-pedagógica.